Notícias Gerais

  • Fatos da semana... verdades e mentiras!

    Fatos da semana... verdades e mentiras!

    A Agência Nacional de Saúde obrigará os convênios e planos de saúde a pagarem, entre outros, o fornecimento do medicamento oral Enzalutamida, destinado ao tratamento do câncer de próstata. E, além dele, também o medicamento destinado ao controle da dor provocada como efeito da quimioterapia, entre pacientes portadoras do câncer de mama. A medida entra em vigor em 2016.

    Ao mesmo tempo, nossos políticos realizam audiência pública nesta quinta-feira, na qual será debatido o futuro da substância fosfoetalonamina para o tratamento do câncer.

    No primeiro caso, espera-se que os planos de saúde cumpram a determinação legal e não a repassem ao usuário, em forma de reajuste.

    Quanto ao futuro da fosfoetalonamina, espera-se que os senadores atuem com serenidade. No mínimo respeitem os pareceres da comunidade científica. Não existem milagres no tratamento para o câncer. Nem pílulas miraculosas. E esta, definitivamente, não é uma delas. Constitui-se, de fato, em mais uma falsa esperança que atrai pessoas fragilizadas por conta de uma das mais traumáticas doenças da medicina.

    Dar crédito à fostoetalonamina é praticamente o mesmo que confiar no poder das garrafadas que prometem o mesmo efeito. Balizar as tais limonadas misturadas com bicarbonato de sódio que se apresentam como cem vezes mais eficazes do que a quimioterapia. Ou imaginar que possa existir uma planta natural “10 mil vezes” mais poderosa do que qualquer outro tratamento.

    A medicina hoje está em um outro patamar. Evoluiu. O combate ao câncer já não depende de crendices. É feito de resultados. Ensaios clínicos exaustivos comprovam a eficácia das novas técnicas, cada vez menos invasivas, destinadas a resgatar a plena qualidade de vida no combate aos vários tipos de tumores.

    Confie no seu médico, mantenha hábitos de vida saudável, realize exames periódicos.