Notícias Gerais

  • O que está no ranking do Google quando o assunto é saúde do homem?

    O que está no ranking do Google quando o assunto é saúde do homem?
    O Google hoje é fonte de pesquisa para tudo, não é mesmo? E em se tratando da saúde do homem o câncer de próstata aparece na relação dos chamados "top ten". O que é a doença, se é comum, se ela atinge jovens, quais sintomas, formas de tratamento, se causa incontinência ou impotência. De uma forma simples, a gente repassará algumas dicas que podem ser úteis diante das principais dúvidas. Porém, fica o alerta. Nunca substitua qualquer informação que visualizar em portais ou em literatura especializada, pela consulta regular com o seu médico de confiança.

    O tumor da próstata é comum? 
    Sim! É o mais frequente no homem adulto. É considerado também o tumor da terceira idade. Cerca de 75% dos casos acometem pessoas acima dos 65 anos. E a incidência aumenta, na medida em que uma pessoa envelhece. Ou seja, praticamente todos os homens que chegarem aos cem anos terão câncer de próstata.
    Quais são os sintomas do tumor da próstata? O tumor da próstata é uma doença silenciosa, assintomática, não apresenta sintomas em suas fases iniciais. Com a sua evolução, podem surgir sintomas urinários de esvaziamento (hesitação, esforço miccional, jato fraco e esvaziamento completo). Mas tudo, no entanto, depende de avaliação criteriosa por parte do especialista.

    Qual é o exame que identifica o tumor da próstata e qual a sua importância? 
    O toque retal é o exame mais importante de identificação do câncer da próstata. Ele é realizado para que se tenha conhecimento sobre a consistência da próstata, o seu tamanho e se existem lesões palpáveis, por meio do reto na glândula. É também realizado em conjunto com o PSA (antígeno prostático específico), para determinar a suspeita do tumor.

    O tumor da próstata costuma ser agressivo? 
    Não! Na maioria das vezes é um câncer de crescimento lento. Inclusive em pacientes muito idosos, com expectativa de vida natural menor do que 10 anos ou muito debilitados por outras doenças.
    Quais são as principais complicações resultantes da retirada da próstata?A incontinência urinária e a impotência sexual, efeitos colaterais presentes na prostatectomia radical e na radioterapia.

    Existem tratamentos que podem minimizar os riscos de impotência ou da incontinência radical?
    Sim! Dependendo do estágio em que se encontre o tumor, avanços da medicina já permitem com que o tumor da próstata seja tratado de forma não invasiva, sem necessidade de cirurgia ou de radioterapia. Denominado de ultrassom focalizado de alta intensidade, ou HIFU, é uma opção de tratamento localizado e não invasivo para o câncer de próstata. O procedimento é livre de radiação e incisões, oferecendo aos pacientes o equilíbrio entre eliminar o câncer e manter a qualidade de vida.